Receba Notícias Deste Blog por E-mail

  1. Entrevista com Albert Pavão

    quarta-feira, fevereiro 13, 2013

     
    Aqui segue uma entrevista com uma lenda do Rock 'n' Roll nacional, Albert Pavão!
    Albert é bastante lembrado por uma versão que influenciou grandes gerações de rockers aqui no Brasil. Era "Vigésimo Andar", versão de "Twenty Filght Rock" de Eddie Cochran!


    Bom Albert, gostaria de lhe agradeçer primeiramente pela oportunidade de entrevistá-lo para meu blog Rockabilly Rock 50s
    Bem, gostaria de saber primeiro, como começou na música? E como começou no cenário Rock 'n' Roll?
    Eu comecei a cantar rock and roll porque gostava muito desse gênero. Antes disso, ainda garoto, eu me ligava muito nos blues.

    De sua época, você pode ser considerado um dos primeiros a trazer uma pegada Rockabilly em seu som como por exemplo ouvimos em "20º Andar"?
    Minha pegada rockabilly veio porque eu gostava muito das gravações rockabilly de Elvis, Ricky Nelson, Conway Twitty e outros menos conhecidos.

    Qual foi o primeiro e quais são os instrumentos que você toca?
    Comecei tocando violão. Depois, com o guitarrista do grupo The Hits que me acompanhava, comecei a aprender a solar alguma coisa. Depois passei para a guitarra e cheguei a tocar baixo elétrico também.

    Quais artistas são/foram suas influências no meio musical?
    Minhas influências foram aquelas citadas no item 2, bem como do inglês Cliff Richard que tinha uma das melhores bandas para acompanhá-lo que era The Shadows.  Também destaco nomes como Ray Charles e Little Richard.

    Você ainda continua em atividade, musicalmente falando?
    Eu parei de cantar há muitos anos. Agora só canto para mim mesmo ou em reuniões com pouca gente.

    Já teve contato com algum palco ou artista internacional?
    Conheci Neil Sedaka pessoalmente em 1959, quando eu era um garoto que cantava músicas do Elvis. Em 64 estive com alguns ídolos do rock argentino, destacando o Palito Ortega. De palco internacional, apenas em 1964 no Festival Sudamericano de la Cancion no Uruguai.

    Qual você considera sua gravação de maior sucesso?
    Minha gravação de maior sucesso foi Vigésimo Andar (Twenty Flight Rock), que, embora não tenha sido a mais vendida, tocava sem parar nos programas de rádio de São Paulo e Curitiba. A mais vendida foi "Tio Patinhas" em 1966.

    De sua época de atividade, com quem você ainda mantém contato?
    Ainda mantenho contato com astros do rock nacional como Tony Campello, Demétrius, etc. A rigor, dos nomes da jovem guarda, o único que não vejo há muitos anos é o Roberto Carlos.

    Soube que além de trabalhos solos você também participava de propagandas dos violões Giannini e formou outros grupos. Poderia nos contar mais sobre isso?
    Antes da propaganda dos violões Gianinni fiz a da guitarra Sonoramica da Di Giórgio.  Em 1965, no Recife, usei uma calça que era um lançamento de um magazine local, e eles me pediram para dizer o nome da loja antes da minha apresentação.

    Pretende lançar mais algum trabalho futuramente?
    Meus trabalhos futuros estão focados nos meus livros e em alguns CDs de uma série chamada Classic Collection.

    E sobre seu livro, poderia nos contar um pouco?
    O livro Rock Brasileiro 1955-65 saiu no final de 2011 e já vendeu quase tudo.  Agora deverá sair o livro que continua a falar sobre rock and roll e jovem guarda e que tem mais informação do que o Rock Brasileiro. Depois desse, tenho outros projetos em mente, mas a cabeça está funcionando e pode surgir alguma surpresa...

    Bom Albert, gostaria de agradecer a atenção e a disposição de ter dado essa entrevista, e gostaria de saber mais duas coisas. Como você acha que está a cena do Rock 'n' Roll e Rockabilly atualmente no Brasil e no Mundo e você tem alguma mensagem para passar para o pessoal mais novo nessa cena? Obrigado!
    Eu acompanho alguns grupos de rockabilly aqui no Brasil e lá fora. Aqui, sigo os cariocas Big Trep, os paulistas Ready Teds e os gauchos Old Stuff Trio. Aliás, estes gravaram minha composição "Eu vou ao cinema" que foi a primeira música que compus na vida... Lá de fora, ainda sigo Brian Setzer, Firebirds, Magazine e poucos mais. Para o pessoal novo, eu digo para fazer o que gosta e procurar conhecer muito dos principais nomes do rockabilly em todos os tempos.
    Reações: 
    |
    | |


  2. 1 comentários:

    1. Show de bola! Albert Pavão é um dos nossos grandes nomes do Rockabilly nacional! Mais do que merecida essa entrevista! Parabéns Ramis!

    Postar um comentário

Marcadores

#Blues (3) #Christmas Music (1) #Country (2) #Country Music (19) #Hillbilly (2) #Jazz (1) #Neorockabilly (1) #Outlaw Country (6) #Rock 'n' Roll (26) #Rockabilly (32) #Soul (1) #Surf Music (1) #Twang (1) Al Casey (1) Albert Pavão (1) Aniversários (4) Annie and the Malagueta Boys (1) Arsen Roulette (1) Bill Haley (3) Biografias (3) Bob Luman (1) Boppin' Pete 3 (1) Brian Setzer (2) Brian Setzer's Rockabilly Riot (1) Buck Owens (1) Buddy Holly (1) Caio Durazzo (1) Caio Durazzo Rock 'n' Roll Trio (4) Carl Perkins (1) Chubby Checker (1) Chuck Berry (7) Cleb Harrison (1) Cleb Harrison and the Dead Rocks (1) Crazy Legs (2) Curiosidades (1) Curley Jim Morrison (1) DLC (1) Duane Eddy (1) Eddie Cochran (1) Elvis Presley (2) Entrevisa (1) Entrevista (5) Eventos (2) Filmes (1) Galaxie 69 (2) Gene Vincent (1) Glenn Barber (1) Gretsch G6120DE Signature Hollow Body (1) Guitarras (1) Hank Snow (1) Hank Williams (1) Hellgrass (1) Henry Paul Trio (1) High School Confidential (1) Jerry Lee Lewis (28) Joanatan Richard (4) Johnny Burnette (1) Johnny Cash (18) Johnny Gunner and the Raiders (2) Johnny Horton (2) Johnny Preston (1) Kris Kristofferson (1) Lançamentos 2011 (10) Lançamentos 2012 (5) Lee Rocker (1) Les Paul (1) Lil' Bit and the Customatics (1) Linda Gail Lewis (1) Lynette Morgan and the Blackwater Valley Boys (1) Marshall Grant (1) Mary Lee and the Sideburn Brothers (2) Merle Haggard (1) Muddy Waters (1) Museu do Vinil (1) Mystery Trio (4) Nick Curran (1) Nicotyna (1) Parceiros (1) Pike Cavalero (1) Pinetop Perkins (1) Red Lights Gang (3) Restrospectivas (1) Rockabilly Riot (1) Rockett 88 (1) Roy Orbison (1) Sam Phillips (1) Shakin' Stevens (1) Sleepy LaBeef (1) Stray Cats (1) The Animals (1) The Barnshakers (1) THe Dead Rocks (1) The Red Lights Gang (3) The Ringlets Trio (1) The Tennessee Two (1) W.S. "Fluke" Holland (1) Wanda Jackson (2) Waylon Jennings (3) Willie Nelson (1) YouTube (5)
Licença Creative Commons
A obra Two Rocka Four de Ramis Abud Neto foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em www.tworockafour.blogspot.com .
Podem estar disponíveis permissões adicionais ao âmbito desta licença em http://www.creativecommons.org.br/.